O dia começa cedo para as equipes de interação social da campanha “Abraço Jeri e Cuido do Meio Ambiente”. Com material educativo em mãos, as agentes percorrem a Vila de Jericoacoara, porta à porta, para levar informação e orientar a população sobre a correta utilização da rede de esgoto na Vila, bem como o uso responsável da água. A intenção é dar oportunidade para que os proprietários de imóveis possam buscar regularização, voluntariamente, caso estejam em situação inadequada.

Até o próximo dia 2 março, a meta é visitar cerca de dois mil imóveis comerciais e residenciais em toda a Vila. Somente esta semana, cerca de mil imóveis serão visitados nesta primeira etapa da campanha, que consiste em visitas educativas de sensibilização.

Nesse primeiro momento, a abordagem é voltada para conscientização, alerta e repasse de informações sobre os cuidados com o meio ambiente e o uso adequado da rede. A expectativa é que, a partir da abordagem educativa, os usuários em situações inadequadas, tanto no uso da rede de esgoto como da água de poços sem outorgas, passem a procurar atendimento para se regularizar.

Nos primeiros dois dias de trabalho, a aceitação da campanha tem sido positiva pelos moradores e trabalhadores de Jericoaocoara. Para Joelma Brandão, vendedora em loja de roupas e moradora de Jericoacoara, a iniciativa da campanha é muito importante para garantir a preservação ambiental da praia. “Essa campanha é muito importante, principalmente para fazer com que os proprietários de imóveis entendam que alguns usos (da rede de esgoto) não são permitidos. Esse cuidado é fundamental porque impacta diretamente na preservação do meio ambiente e no turismo, que é nossa principal atividade aqui”, declara a vendedora.

Já a atendente de supermercado, Socorro Viana, moradora de Jericoacoara há cinco anos, destaca a importância da responsabilidade de todos na preservação do meio ambiente e na qualidade de vida da população. “Somos uma ilha que precisa ser conservada. Temos que respeitar o local onde vivemos, cuidar do nosso território. Isso vale para todos, desde os nativos até os turistas que visitam nossa praia”, diz a atendente.

Como forma de facilitar o acesso, os interessados em se regularizar voluntariamente podem procurar atendimento no Polo de Atendimento à Criança e ao Adolescente de Jericoacoara. No local, foi montado um esquema de serviços, com atendimento voltado aos usuários da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) e da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) que desejarem se regularizar.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Cagece