Opções variadas para a Folia de Momo podem ser aproveitadas nas cidades cearenses, no sertão,serras e praias

Fortaleza. Mesmo com a recomendação do Tribunal de Constas dos Municípios para prudência nas contas públicas em contratos culturais para o Carnaval, após dois anos de seca, muitas Prefeituras de municípios cearenses estão oferecendo atrações para a Folia de Momo.

Na Região da Jaguaribana haverá uma vasta programação. Em Aracati, que recebe um dos maiores Carnavais do Litoral Leste, a festa é comandada pelas bandas É o Tchan, Margarete Menezes, Italo e Renno, Ricardo Chaves, entre outras atrações. As praias de Canoa Quebrada e Majorlândia receberão bandas na programação do município, bem como os distritos de Outeiro, Volta e Santa Tereza.

Em Jaguaruana a festa terá as bandas Axé Frevo, Imbalaê, Kiloucura, Tome Axé, Timbaleira e muitas outras, além do cantor Sergynho ex-vocalista da Pimenta Nativa. Em Quixeré a folia começa na praça, a partir de meio-dia, com trio arrastando foliões até a Barragem, para shows com as bandas Forró Namorar, Axé Power e outras.

> Confira o mapa da folia no Ceará e aprenda as danças que vão fazer sucesso no Carnaval

Em Limoeiro do Norte o Carnalimô 2014 acontece na Avenida Francisco Remígio, a partir das 19 h. A agitação vai ficar por conta das bandas Abadala, Banda Power, Pegada Black, Sunsamba, Rafaella Manville, Freesom e Municipal Santos. Por questões financeiras o carnaval este ano não terá como palco a Barragem das Pedrinhas.

Na Zona Norte, Camocim é destaque. A programação oficial inclui shows com Phapirô, Márcia Freire, Forró Real Solteirões do Forró e Rafaella Manville.

Em Granja a festa vai acontecer na Avenida Beira-Rio e Praça da Matriz. As atrações serão Garota Safada, Simone e Simara, Luís Marcelo & Gabriel, Banda Patrulha, entre outras. Em Jijoca de Jericoacoara o Jijoca Folia vai reunir na Avenida Manoel Teixeira bandas como Afoxé, Mr. Babão, Italo e Renno e Prabalá. Em Reriutaba haverá o Reriufolia com Solteirões do Forró, Pé de Ouro, Rafaella Maville e Saradões, entre os principais.

Folia nas serras

Já na Serra da Ibiapaba, São Benedito é destaque. O Benefolia terá Garota Safada e Acaiaca, como principais, numa festa que deve reunir por dia mais de 30 mil pessoas. Já em Guaramiranga, acontecerá o 15º Festival de Jazz & Blues. O evento é um dos melhores do gênero no País. As atrações incluem grandes compositores da MPB: Edu Lobo; Francis Hime, em show ao lado da esposa, Olívia Hime; o harpista colombiano, Edmar Castañeda; o violinista, Ricardo Herz Trio; guitarrista, Robertinho de Recife; o refinado Quinteto, Vento em Madeira. Haverá homenagem a Noel Rosa.

No Centro Sul, o destaque é Várzea Alegre que terá folia no Parque da Lagoa São Raimundo Nonato. Tem concentração e desfile de blocos e das escolas de Samba Unidos do Roçado de Dentro (Esurd) e da Mocidade Independente do Sanharol (MIS). Também haverá shows de diversas bandas.

Em Acopiara, serão seis dias de folia, a partir de sexta-feira. A programação inclui atrações como Márcia Freire, Forró do Bom e Banda Patrulha, Wesley Safadão e Garota Safada.

A cidade de Orós volta a realizar a folia com uma programação que promete muita animação, com Simone e Simara, Zunzueira e Washington Pagula, entre os destaques.

No Litoral Oeste, Paracuru puxa a folia. Entre as atrações Forró Real e Solteirões do Forró. O mela-mela na praia já é tradicional. As cidades litorâneas de Aquiraz e Cascavel destinos tradicionais de foliões decidiram manter a realização do Carnaval. Em Aquiraz, Porto das Dunas, Prainha, Presídio, Iguape e Barro Preto concentram foliões. No Cariri, os destaques são Mauriti, Brejo Santo e Crato. O Mauriti Folia deve atrair dez mil foliões em cada noite, animada por nomes como Garota Safada & Wesley Safadão. Em Brejo Santo, a programação oficial começa domingo com a animação dos blocos. No Crato, o Bloco das Virgens abre a festa na sexta-feira à noite. Em Beberibe, os Aviões do Forró puxa a programação.

Em Trairi, haverá o Feliz Folia com Toca do Vale e outros.

Prefeituras suspendem programação da folia

Iguatu. Mediante o quadro de seca, que castiga o Ceará por dois anos seguidos, e por recomendação do Ministério Público Estadual (MPE) e do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) pelo menos oito municípios decidiram suspender a realização do Carnaval (Itatira, Caucaia, Maranguape, Solonópole, Hidrolândia, Jaguaretama, Milhã e Umirim) e oito cancelaram o patrocínio da festa (Aquiraz, Aurora, Baixio, Farias Brito, Groairas, Hidrolândia, Itapajé e Juazeiro do Norte).

Até o próximo sábado, poderá haver modificações nesse quadro, pois alguns municípios estão indecisos sobre a programação. Na semana passada, o TCM concluiu o trabalho de fiscalização especial em 52 municípios que informaram ao órgão a realização de licitações para a contratação de bandas para animarem os festejos carnavalescos.

Segundo levantamento, no portal de licitações do TCM, 34 Prefeituras em situação de emergência por causa da seca devem gastar cerca de R$ 12 milhões com o Carnaval. O presidente do TCM, Francisco Aguiar, reafirmou que o órgão vai divulgar um relatório com o resultado da fiscalização realizada na semana passada nos contratos de licitação de bandas que vão animar a festa. Para os municípios que vão realizar ou patrocinar a festa, o TCM concedeu prazo de 48 horas para que prestem informações de natureza econômica que justifiquem a viabilização desses eventos. “Desejamos ter uma visão bastante objetiva sobre essa questão”, disse ele.

“O objetivo é não restar dúvidas de que esse gasto pode ser feito nas atuais circunstâncias, de seca, sem prejudicar ações de assistência à população”.

Detalhamento

As informações solicitadas às 44 Prefeituras que decidiram manter o Carnaval devem incluir explicações sobre o custo-benefício, histórico do volume de visitantes durante o evento e crescimento da arrecadação local. “Dessa forma teremos condições reais para aferir se os valores a serem gastos podem ser recuperados pelo ingresso de receitas nessas cidades, sem prejuízo para os cidadãos”, disse.

A Associação dos Prefeitos do Estado do Ceará (Aprece) deve concluir na manhã de hoje levantamento dos municípios que vão realizar as festas de Carnaval, aqueles que decidiram suspender e os que não promovem o evento. O vice-presidente da Aprece, Expedito Nascimento, prefeito de Piquet Carneiro, disse ser a favor da fiscalização da Aprece e da realização do Carnaval. “É preciso ter gastos com responsabilidades”, disse.

“Os jovens precisam de momentos de lazer e as cidades promovendo os festejos evitam deslocamento para outros centros, reduzindo risco de acidentes”.

A Prefeitura de Solonópole, que já havia feito licitação, decidiu seguir orientação do MPE e cancelou a festa, justificando a decisão mediante o quadro de calamidade pela seca. No ano passado, Solonópole também não realizou Carnaval.

O prefeito de Milhã, Otacílio Macedo, também informou que o Carnaval está suspenso por causa da seca. A Prefeitura pretendia investir R$ 100 mil.

A prefeitura de Maranguape cancelou no dia 19 passado as atividades carnavalescas. O município vai priorizar investimentos em obras hídricas. O mesmo fará o município de Umirim, que também aplicará na saúde.

O Ministério Público do Estado do Ceará recomendou ao prefeito do município de Icapuí, Jerônimo Reis, o pagamento dos salários atrasados dos contratados temporários e terceirizados do Município para que ocorram os festejos do Carnaval.

O MPE também enviou recomendação à Prefeitura de Santa Quitéria pedindo a revogação de licitação e rescisão do contrato referentes ao Carnaval 2014.