A barragem do rio Coreaú, em Granja (a 352,3 km de Fortaleza), está “sangrando” desde a manhã desta segunda-feira, 24. Moradores da cidade foram à avenida Beira Rio comemorar o feito.

“Aqui, em Granja, Carnaval sem essa água não presta. A população já estava ficando preocupada porque o rio ainda não tinha sangrado. Mas a água veio e todos comemoraram. Vamos pular este Carnaval tomando banho de água”, disse Raimundo Pompe, assessor do gabinete da prefeitura de Granja.
Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), de quinta-feira da semana passada a domingo, o município do litoral Norte registrou 32.6 milímetros (mm) de chuva. A maior precipitação dos último dias em Granja ocorreu de quinta para sexta-feira, quando choveu 25mm.
Dois açudes estão com volume superior a 90%

Os açudes Curral Velho, em Morada Nova, e Gavião, em Pacatuba, são os dois reservatórios monitorados pela Companhia de Gestão e Recursos Hídricos (Cogerh) que estão com volume superior a 90%. Curral Velho está perto de “sangrar”, com 98,8% de sua capacidade, enquanto o Gavião está em 92,7%.

O volume total dos reservatórios monitorados pela Cogerh está em 29,9%. Segundo o diretor de operações da companhia, Ricardo Adeodato, a situação é preocupante. Mas ele ressalta que o número de açudes com volumes inferiores a 30% (atualmente são 111 dos 144) não determina que os municípios sofram risco de desabastecimento. “Só sabemos ao analisar cada local. Um deles pode ter outros mananciais que não sejam os açudes monitorados”, exemplifica.

Redação O POVO Online