De janeiro a março de 2018, o setor moveleiro cearense exportou US$ 152,1 mil, valor 65,1% maior do que o do mesmo período de 2017. As importações também acompanharam as exportações, com aumento de 197,3%, chegando à marca de US$ 1,17 milhão. A Dinamarca lidera o ranking dos países compradores dos móveis cearenses, com US$ 33,1 mil. Porto Rico (US$ 20,3 mil) vem em seguida. A China ultrapassou Israel. omo principal origem das importações de móveis, com US$ 466,3 mil. A China abarca mais de 40% do total importado. No ranking nacional de exportações do setor de móveis, o Ceará figura na 14ª posição.

As informações são do Ceará em Comex, estudo do Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).

Sobre o Centro Internacional de Negócios da FIEC

O Centro Internacional de Negócios auxilia as empresas na inserção no mercado internacional, promovendo a cultura exportadora no Estado do Ceará. O CIN faz parte da Federação das Indústrias do Estado do Ceará – FIEC, que junto com Serviço Social da Indústria – SESI Ceará, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI Ceará e Instituto Euvaldo Lodi – IEL Ceará formam o Sistema