A ​solenidade de ​​​formatura d​os 42 alunos será dia 23 de março

” A participação do agronegócio cearense no PIB do último trimestre de 2017 chegou a 29,67% e no primeiro trimestre deste ano foi de 28,9%, segundo dados do IIPECE. Isso se deve às novas tecnologias empregadas no campo e sem duvida, a capacitação dos produtores , o que representa um importante ganho, dai a importância do técnico em agronegócio que ora o SENAR coloca no mercado cearense” .
Flávio Saboya – Presidente da FAEC

Flávio Viriato de Saboya Neto
Presidente do Conselho de Administração do SENAR-CE e da

Será nesta sexta-feira,23, às 18 hs, no Centro de Negócios do Sebrae,, a solenidade de formatura da primeira turma do Curso Técnico em Agronegócio ​ do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural-SENAR-CE, braço educativo da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará -FAEC. .Diferente do técnico agrícola, que trabalha focado na produção, o técnico em agronegócio é voltado à gestão das empresas agrícolas. Mas, sua atuação não se limita aos processos internos de uma fazenda, pode trabalhar em empresas comerciais, estabelecimentos agroindustriais, serviços de assistência técnica, extensão rural e pesquisa, revendas, consultorias e em empresas de fomentto, informa o Superintendente do SENAR-CE, Sérgio Oliveira da Silva..

Pioneiros do Agronegócio” foi o nome escolhido pela turma de formandos do Polo de Fortaleza. Já a turma do Pólo de Cascavel escolheu o nome do engo agrônomo “Paulo Helder de Alencar Braga”, ex-superintendente do SENAR-CE. Os alunos elegeram como paraninfos da turma de Fortaleza o zootecnista e tutor Giovanni Rodrigues e da turma de Cas​cavel, o ​agrônomo e também tutor Carlos Brasi​l​ .

Fizemos questão de fazer uma sessão formal dentro do ritual de uma formatura ​ dada a importância para os formandos e desta profissão para o produtor rural, disse o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará – FAEC, Flávio Saboya, que é também o presidente do Cibselho de Administração do SENAR-CE.. Na definição do SENAR , o “Técnico em Agronegócio é um agente de transformação que atua como parceiro do produtor rural, utilizando técnicas inovadoras e sustentáveis, na conquista pela produtividade e lucratividade, com visão empreendedora para a melhoria da qualidade de vida do meio rural”.

“Pioneiros do Agronegócio” foi o nome escolhido pela turma de formandos do Polo de Fortaleza. Já a turma do Pólo de Cascavel escolheu o nome do engo agrônomo “Paulo Helder de Alencar Braga”, ex-superintendente do SENAR-CE. Os alunos elegeram como paraninfos da turma de Fortaleza o zootecnista e tutor Giovanni Rodrigues e da turma de Cas​cavel, o ​agrônomo e também tutor Carlos Brasi​l​ .

Fizemos questão de fazer uma sessão formal dentro do ritual de uma formatura ​ dada a importância para os formandos e desta profissão para o produtor rural, disse o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará – FAEC, Flávio Saboya. Na definição do SENAR , o “Técnico em Agronegócio é um agente de transformação que atua como parceiro do produtor rural, utilizando técnicas inovadoras e sustentáveis, na conquista pela produtividade e lucratividade, com visão empreendedora para a melhoria da qualidade de vida do meio rural”.

Conforme dados da coordenadora regional da RedeTec, Carolina Machado, hoje são 14 (quatorze) ​ ​turmas funcionando nos Polos presenciais de Fortaleza, Cascavel, Quixadá e Quixeramobim, totalizando​ ​​mais de 300 ( trezentos) alunos, entre concludentes e os que ainda estão realizando o curso. A partir de agora esses técnicos de nível médio estão preparados para promover uma mudança no meio rural e o SENAR ainda oferece um portfólio de mais de ​60 tipos de cursos em várias áreas​, lembra.80 novos alunos neste primeiro semestre

80 NOVOS ALUNOS

No último dia 10 de março, teve início às aulas presenciais nos quatro Polos do Ceará, totalizando 80 novos alunos, 20 em cada Pólo. A aula inaugural foi sobre o mesmo tema : ” Apresentação sobre o SENAR e do Curso Semi presencial em Técnico de Agronegócio. A primeira aula das novas turmas faz parte da grade curricular da disciplina de Ambientação em Educação à Distância , cujo tutor é o presidente do Sindicato Rural de Baturité, Jorge Luiz Almeida.
Neste primeiro processo seletivo de 2018 a classificação dos inscritos foi determinada pelo seu desempenho no Ensino Médio. E tiveram prioridade as categorias profissionais indicadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), novo parceiro do SENAR na realização do curso, juntamente com o Ministério da Educação (MEC).

O QUE FAZ O TÉCNICO EM AGRONEGÓCIO

O principal desafio do Técnico em Agronegócio é aumentar a eficiência do mercado agrícola e industrial. Por meio de técnicas de gestão e de comercialização, este profissional atua na execução de procedimentos para planejar e auxiliar na organização e controle das atividades de gestão do negócio rural.

Diferente do técnico agrícola, que trabalha focado na produção, o técnico em agronegócio é voltado à gestão das empresas agrícolas. Mas, sua atuação não se limita aos processos internos de uma fazenda, pode trabalhar em empresas comerciais, estabelecimentos agroindustriais, serviços de assistência técnica, extensão rural e pesquisa, revendas, consultorias e em empresas de fomentoA

Além de identificar os segmentos das cadeias produtivas do setor agropecuários e avaliar os custos de produção e aspectos econômicos para a comercialização de novos produtos e serviços, esse especialista pode idealizar ações de marketing aplicadas ao agronegócio.

Este profissional também é responsável por executar ações sociais e ambientais visando à sustentabilidade dos negócios rurais.

SOBRE O CURSO

Este é o primeiro curso técnico de nível médio na modalidade a distância oferecido pelo SENAR através de polos de apoio presencial, mediante parceria com Administrações Regionais.

Eixo Tecnológico (SETEC/MEC): Recursos Naturais

Nome do Curso: Curso Técnico de Nível Médio em Agronegócio

Habilitação Profissional: Técnico em Agronegócio

Nível de Ensino: Técnico de Nível Médio

Modalidade de Ensino: A distância (80% online e 20% presencial)

Carga Horária Total: 1.230 horas

Duração do Curso: 4 semestres

ATT: Assessoria de Imprensa do Sistema FAEC/ SENAR/CE