Ao não entregar memorando comunicando afastamento do cargo de deputado estadual para assumir a Secretaria de Esportes ao Departamento Legislativo da Assembleia, o deputado David Durand (PRB) acabou causando surpresa e mal-estar entre os parlamentares presentes à sessão de ontem. Assim, apenas Leonardo Pinheiro (PROS) e Professor Teodoro (PSD) assumiram mandatos nas vagas deixadas por Ivo Gomes (PROS), de Cidades, e Osmar Baquit (PSD), da Pesca.

O constrangimento maior foi de Fernando Hugo (SD), terceiro suplente da coligação governista, que esteve na Casa ontem para ser empossado e, somente no plenário, foi comunicado que não o seria por conta da falta de comunicação de Durand. Segundo o Departamento Legislativo, o parlamentar entregou a documentação necessária na tarde de ontem e Hugo deverá ser empossado na manhã de hoje.

“Soube, quando já estava dentro do plenário, depois de iniciada a sessão, que o David Durand, deputado eleito que ocuparia a Secretaria de Esportes, como assim conversou e aceitou o convite do governador Camilo, não assinou documentação manifestando-se contrário àquilo que havia combinado”, explicou Hugo.

A assessoria do deputado David Durand enviou nota ao Diário do Nordeste, na tarde de ontem, informando que ele enviou a documentação na tarde da segunda-feira. O Departamento Legislativo esclareceu que faltava a entrega de um memorando ao presidente da Casa indicando que o parlamentar aceitou o convite do governador para ser secretário, o que não teria sido entregue até a tarde de ontem.

Prioridades

Retornando ao parlamento, os deputados Leonardo Pinheiro e Professor Teodoro declararam que darão continuidade aos trabalhos realizados em seus mandatos anteriormente. Enquanto Leonardo afirmou priorizar projetos na área da saúde, em particular a luta pela construção de um hospital da região do Vale do Jaguaribe, Teodoro destacou batalhar pela Educação. “Vou dar continuidade a uma luta que venho fazendo desde o primeiro dia que aqui cheguei”, apontou.

Após a leitura da ata e da posse dos suplentes, os trabalhos do dia foram suspensos atendendo a requerimento do deputado Sérgio Aguiar (PROS), em pesar pelo falecimento do ex-deputado Deusimar Emídio Maciel, ocorrido na última sexta-feira (30). Depois de um minuto de silêncio, Ely Aguiar (PSDC) utilizou tempo pela ordem para lamentar a morte do conterrâneo, destacando que Deusimar teria realizado um bom trabalho em defesa dos interesses do Estado.

Dessa maneira, as inscrições dos parlamentares para usar a tribuna nos dois expedientes da sessão foram transferidos para hoje. Estão inscritos para o primeiro expediente Heitor Férrer (PDT), Carlos Felipe (PCdoB), Silvana Oliveira (PMDB), Wagner Sousa (PR), Evandro Leitão (PDT), em tempo cedido por Jeová Mota (PROS), e Fernanda Pessoa (PR).

No segundo expediente, estão inscritos Odilon Aguiar (PROS), Manoel Duca (PROS), Tin Gomes (PHD), Carlos Matos (PSDB), Sérgio Aguiar (PROS) e Mirian Sobreira (PROS). Na manhã de ontem, começaram a tramitar três projetos de lei e um de indicação. Os autores das propostas são Welington Landim, Sérgio Aguiar e Fernanda Pessoa, que assina duas.

Fonte Diário do Nordesteimage